Notícias

11/08/2016
Voltar

Teatro Univates recebe Desfile de Moda Inclusivo no dia 22

Peças de roupa foram desenvolvidas por estudantes do curso de Design de Moda

Com a junção da teoria e da prática, estudantes do curso de Design de Moda da Univates mostram suas criações no dia 22 de agosto, às 19h, no Teatro Univates. O momento, alusivo à Semana Nacional da Pessoa com Deficiência, traz um Desfile de Moda Inclusivo. No palco, além dos modelos, estarão os alunos criadores e peças de roupa que destacam sonhos. O tema do desfile é justamente este, sonhos internos de pessoas que não se limitam apenas por sua deficiência.

 O evento é uma parceria entre a Univates, por meio da disciplina Ergonomia Aplicada ao Design de Moda, e a empresa Mercur. A proposta envolve o desfile de pessoas com idades e características diferentes em que os alunos do curso devem pensar e colocar em prática roupas que auxiliem e minimizem dificuldades. “Quando propusemos a ideia aos alunos, eles se sentiram desafiados. Até então era só teoria, e nesse momento eles tiveram também contato prático. Fizeram entrevista com os modelos e conheceram as limitações de cada um e é aí que a ergonomia entra, pois ajuda a sentir a dificuldade do outro e adaptá-la à moda”, conta Claudia Foletto, professora da disciplina.

 Ereneide Cunha é aluna do 6º semestre e teve o desafio de fazer um vestido com a temática do filme Frozen para a pequena Emanuele, de seis anos. “Emanuele teve paralisia cerebral antes dos seis meses de idade e isso influenciou um pouco na fala e no movimento dos membros inferiores”, explica a aluna enquanto separa os tecidos do vestido azul para serem costurados. “Quando a gente começa o curso, só pensa em grandes marcas, desfiles famosos e glamour. Essa oportunidade nos traz novas visões”, complementa.

 Já para a modelo Suzane, de 31 anos, o sonho era uma etiqueta em braile. “Ela comentou comigo que naquele momento estava usando uma blusa vermelha, mas que só sabia que estava vestindo aquela cor porque alguém contou a ela. O sonho dela seria uma etiqueta em braile que informasse a cor e o tamanho”, declara a estudante de Design de Moda Larissa Trentin Pereira, que está elaborando o modelito de Suzane.

 “Quanto mais se falar na moda inclusiva, maior vai ser o acesso para pessoas com deficiência”, destaca Carlos Alberto Von Muhlen fazendo referência à moda plus size, de que tanto se falou nos últimos tempos e que agora se tornou foco de algumas empresas. Von Muhlen sofreu um acidente de carro em 2003, o que o deixou tetraplégico. Ele, que é paciente da Clínica-Escola de Fisioterapia da Univates, afirma que agora consegue se virar sozinho e que seu desejo era o de uma roupa para o dia a dia que lhe trouxesse mais comodidade.

 Outra história que estará presente no dia 22 de agosto é a de Sitandra. A menina de oito anos teve sua roupa pensada e desenhada pela estudante Amanda Kappler, do 4º semestre. “A oportunidade é bem diferente. De início não sabíamos qual seria o nosso modelo. Quando soube que era a Sitandra, fui na casa dela para conhecê-la. Foi algo mais próximo. A felicidade dela transborda e saí dessa experiência com outra visão, o que fez com que pensasse na moda com a perspectiva de outra pessoa”, afirma a acadêmica. Sitandra, que tem deficiência física, se impulsiona com as mãos para se movimentar e, por isso, sua dificuldade era com as calças que rasgavam. Amanda pensou em uma calça com um reforço “acolchoado” nos joelhos. “O sonho dela era uma roupa de bailarina. Ela também gosta de roupa justinha e, como ela faz malabares, coloquei brilho nos lados interno e externo da saia. Juntei todos os desejos em uma roupa só”, conta Amanda.

 Antes do desfile, o evento terá apresentações das Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes) de Lajeado e de Estrela. As inscrições podem ser feitas gratuitamente no site www.univates.br/sistemas/inscricoes.


Compartilhe:

Postado por:

Redação

Redação

Nossa redação busca estar sempre à frente de seu tempo. Atualizada e superando desafios! Uma equipe formada por profissionais comprometidos com a melhor comunicação.